Você sabe o que é o consumo consciente?

Em 2050 seremos mais de 9 bilhões de pessoas no mundo. Como estarão nossos recursos até lá?

Nós crescemos, nos desenvolvemos e nos multiplicamos. No começo dos anos 2000 éramos 6,1 bilhões de pessoas na Terra. Hoje, em 2020, somos 7,8 bilhões. Em 2050, devemos ser mais de 9 bilhões de pessoas habitando o nosso planeta. E o consumo consciente é indispensável para que tenhamos água, energia e alimentos e, assim, boas chances de vida até lá.

Para reduzirmos os impactos negativos que produzimos naturalmente sobre o mundo, fazer boas escolhas na hora de comprar e consumir precisa ser um hábito. Assim como saber exatamente a maneira de destinar corretamente todos os resíduos que produzimos diariamente.

Depois de entender o que é o consumo consciente e por que ele é tão importante, apostar em pequenas mudanças na rotina contribuem grandiosamente com essa cultura tão necessária. O consumidor consciente, segundo o Ministério do Meio Ambiente, é aquele que ao comprar leva em consideração a natureza, a saúde e as relações justas de trabalho. Vai muito além de escolher pelo preço e pela marca.

Caso ainda não tenha parado para pensar nisso, que tal começar agora mesmo a adotar algumas atitudes de um consumidor consciente?

  • Abandone a compra no “modo automático” e preste atenção em tudo o que está comprando
  • Escolha empresas que estão comprometidas com o desenvolvimento sustentável
  • Entenda o ciclo de vida dos produtos e conheça mais sobre os conceitos de logística reversa, reciclagem e economia circular
  • Reutilize todos os materiais da forma como for possível, reaproveite frascos e potes para armazenar outros alimentos ou para organizar pequenos objetos
  • Economize água
  • Separe SEMPRE os seus resíduos, destinando adequadamente os itens recicláveis para a coleta seletiva ou leve pessoalmente a um PEV – Ponto de Entrega Voluntária

Com essas atitudes, o meio ambiente e a sociedade ganham muito. E o consumidor que age de forma consciente também ganha em sua perspectiva individual, afinal, essas dicas levam à economia financeira e a um melhor planejamento da casa. Tudo começa a fluir melhor para todos.