Dia da Árvore: produção sustentável e descarte consciente do papel

No Brasil, 100% do papel fabricado é proveniente de reflorestamento

 

Dia da Árvore

No dia 21 de setembro comemoramos o Dia da Árvore! Você sabia que, no Brasil, 100% das árvores utilizadas na produção do papel que consumimos todos os dias – inclusive os que compõem todas as nossas embalagens – vêm de plantios florestais? Isso significa que nenhuma árvore nativa é derrubada e que a produção de papel no nosso país se dá em um processo renovável e sustentável.

A indústria do papel investe no reflorestamento com árvores próprias para esse fim, normalmente eucalipto e pínus, e assim contribui com a preservação do meio ambiente.

Sabendo que todo o papel que usamos na nossa rotina não é proveniente de desmatamento, muito pelo contrário, vem do reflorestamento, qual deve ser a nossa preocupação? Descartar corretamente o material.

Depois de utilizar embalagens diversas de papel, precisamos direcioná-las à coleta seletiva para que possam ser recicladas e retornem ao mercado.

Também é importante lembrar que alguns tipos de papel não são recicláveis: papeis engordurados, carbono, celofane, vegetal, papel higiênico usado, guardanapos com restos de comida e aqueles papeis revestidos com plástico, parafina ou metal. Esses não devem ser destinados à coleta seletiva e sim ao lixo orgânico.

Da árvore à reciclagem

Vamos entender qual é o ciclo do papel dentro da nossa cultura. As árvores que são plantadas para esse fim viram matéria-prima e a indústria utiliza os troncos para fabricar seus produtos e colocá-los no mercado.

Nós compramos esses produtos, utilizamos e, ou reaproveitamos essas embalagens de alguma forma, ou as descartamos sempre no cesto de recicláveis, direcionando todo o papel para a coleta seletiva. Depois de recolhido e manejado pelas cooperativas, o papel é novamente comercializado para os fabricantes, que vão reciclá-lo tantas vezes quanto for possível.

Percebe como somos protagonistas desse processo? Que se nós não descartarmos corretamente todo o papel que utilizamos, esse material não chegará à reciclagem? Então, separe, não pare!